(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Após observações feitas por membros da APA (Associação Protetora dos Animais) sobre a qualidade e o preço da ração oferecida aos cães que vivem no Canil Municipal, em maio o Jornal 101 ouviu o departamento jurídico da Prefeitura para explicar sobre as medidas que seriam adotadas.

Nesta segunda-feira (13) o procurador jurídico da Prefeitura, Alício Vilela da Cunha Junior, informou sobre o andamento do caso.

Ouça a reportagem: