“Como todos sabem, minha carreira nasceu das composições, elas me deram base pra ser quem sou hoje e, falando agora como artista, sinto que os compositores são o grande combustível que gira o mercado, pois a música é o primeiro de tudo em uma carreira — é a peça fundamental que muda o jogo. Sem os gênios por trás da voz, será que existiriam nossas vozes?”, afirma e ao mesmo tempo questiona a cantora e compositora Paula Mattos ao apresentar seu novo projeto, “Gênios”, em que homenageia o compositor e produtor César Augusto.

“A ideia do projeto, que eu lançarei no dia 12 de março, surgiu no dia do falecimento do Sr. Francisco, pai de Zezé Di Camargo e Luciano (24 de novembro passado). Eu estava conversando com a minha empresária, estávamos falando da importância do pai na carreira dos filhos, no fato do Zezé ter sido desacreditado tantas vezes como cantor, por ser compositor de sucesso, por suas músicas estourarem na voz não só dele, mas de outros artistas, e simplesmente olhamos uma pra outra e falamos: ‘É isso”, detalha Paula.

No mesmo momento, elas desenharam o projeto para homenagear grandes compositores, começaram a listar nomes que inspiraram Paula e um dos primeiros nomes que vieram à mente foi César Augusto. “Ele fez parte da minha vida e de milhares de outras pessoas, é um dos grandes nomes que me inspiraram na minha trajetória. No dia seguinte entrei em contato com ele, foi lindo ouvir da boca de um dos meus ídolos que seria uma honra ter suas obras interpretadas por mim.”, continua.

cesar augusto

Com a “bênção” de César, Paula ligou para seu produtor (Borqz) e, após pré-selecionarem 50 músicas de sucesso do autor, acabaram chegando ao total de 21. “Com a obra do César Augusto, eu faria dez grandes projetos e ainda ficariam de fora muitas músicas excelentes, ele não deve ser desse planeta (risos), só tem musicão!”, entusiasma-se.

A obra de César Augusto dará start ao projeto “Gênios”, que segundo Paula Mattos abordará outros compositores em edições futuras. “Não quero me prender a um gênero musical, quero homenagear pessoas que sempre ouvi e que fazem parte não só da minha vida e história, mas da vida e história de milhares de pessoas”, afirma. “Começar 2021 com esse projeto, pelo qual me apaixonei tanto, me deixa muito feliz. 2020 foi um ano muito tenso, e o que me livrou dos meus maiores desafios foi a música, então, quero usar esse combustível para começar este ano com chave de ouro.

REPERTÓRIO

ME LEVA PRA CASA / AGARRADA EM MIM

(César Augusto, Piska)

TUDO DE NOVO / FAZ MAIS UMA VEZ COMIGO

(César Augusto, Mário Marcos, César Rossini / César Augusto)

DEPOIS QUE VOCÊ MATAR MEU CORAÇÃO / O QUE TIVER QUE VIR VIRÁ

(César Augusto)

VOCÊ MUDOU DEMAIS / MANDE A SOLIDÃO PRA OUTRO LUGAR

(César Augusto, Piska / César Augusto, Piska, César Rossini)

DESCULPE, MAS EU VOU CHORAR/ LOUCURA DEMAIS

(César Augusto, Gabriel / César Augusto, Piska)

PRECISO SER AMADO / FOI A PRIMEIRA VEZ

(César Augusto, Piska)

HOJE EU QUERO TE AMAR / VEM FICAR COMIGO

(César Augusto / César Augusto, Reinaldo Barriga)

FELICIDADE, QUE SAUDADE DE VOCÊ / PRA MUDAR MINHA VIDA

(César Augusto, Paulo Henrique / César Augusto, Piska)

NÃO OLHE ASSIM / ESSE AMOR QUE ME MATA

(César Augusto, César Rossini / César Augusto, Piska)

NEM DORMINDO CONSIGO TE ESQUECER / MINHA ESTRELA PERDIDA

(César Augusto / César Augusto, Piska)

SINÔNIMOS

(César Augusto, Claudio Noam, Paulo Sérgio)

Fonte: portalsucesso.com.br