Display para Alcool Gel 1
Banner Anuncie Aqui 730×150

Download

 

Olá, tudo bem?

Quem aí já ouviu falar em Lei de Pareto ou Regra do 80/20 ?

Se você, querido ouvinte, neste momento, está aí fazendo aquela cara de: Oi? Por que você vai falar disso agora, Renata?

Fica aí me ouvindo atentamente, se preferir pega caneta e papel para anotar e vem entender e aprender a aplicar esse conceito, sabe onde?

Em seu guarda-roupa! Isso mesmo, trago mais um jeitinho bem esperto de você lidar com seu guarda-roupa.

Bom, a Lei de Pareto conhecida também como Regra do 80/20, é uma teoria da economia – calma, calma! Se você não é amante dessa coisa de números e porcentagens, fica tranquilo! É muito fácil entender essa regra que diz que 80% dos resultados que você tem em sua vida ou qualquer outra atividade que você faça, vem de 20% das coisas que você fez – 20% do seu tempo dedicado, das coisas que você está fazendo hoje, estão te trazendo 80% dos seus resultados.

Ficou claro?!

Agora, como vamos aplicar isso tudo em seu guarda-roupa?

Muito simples!

Primeiro você precisa do quê?

Você precisa de autoconhecimento, falo isso sempre aqui, pra tudo na vida você precisa de autoconhecimento, você precisa conhecer seu estilo pessoal e saber o que quer comunicar com as roupas que você veste todos os dias.

Tá, mas vamos ao guarda-roupa!

Provavelmente 80% das suas produções, combinações, do que você veste, vem de apenas 20% do que você tem no armário. Triste o que eu vou te dizer, mas possivelmente de 100% das suas roupas, você usa apenas 20% e armazena lá sem usar ou usando muito pouco, 80% do seu acervo.

Claro que essa pode não ser a sua realidade, não vou generalizar aqui, mas se ficou curioso ou curiosa, saiba que, a Regra do 80/20 pode ser sua aliada, se você usá-la da seguinte forma:

Você vai ter que trabalhar em seu guarda-roupa, por a mão massa, isso é fato. Dá preguiça? Pode ser que sim. Esse é meu trabalho, “precisaaando” posso te ajudar com isso (fica a dica J ).

Mas deixando a preguiça de lado, sugiro que defina data e horário para realizar essa tarefa, se comprometa mesmo.

Você vai separar suas peças por categoria e em montinhos. Por exemplo, o monte das calças, blusas, vestidos, shorts – pode separar por “roupas do trabalho”, “roupas para ficar em casa” – feito isso, com muita AMOROSIDADE com suas peças, você vai dar notas de 0 a 10 para cada uma delas. Sendo que 0 é a nota que você vai dar para aquela peça que não tem a menor condição de usar e 10 para aquelas peças que você não tira do corpo – as que te representam, que você ama, não dá, não empresta, tem ciúmes, enfim, elas já valem centavos de tanto que você usa.

Continue dando notas para suas peças e separando assim ó:

Peças com notas 8, 9 e 10 em um monte – peças com notas 7 e 6 outro monte – peças com notas 5 e 4,  mais um monte  – peças com notas 3, 2, 1 e 0 montinho pra elas, e chega de montinho!

Agora vai recolocando as roupas no guarda-roupa, começando pelas peças que você deu notas mais altas, 8,9 e 10. Distribua essas peças em locais de fácil acesso em seu armário, porque elas te representam, são essenciais, você precisa encontrá-las com facilidade. Na sequência, você vai recolocando as peças assim, em ordem decrescente das notas – e aí, as peças que você deu notas baixas, como 3, 2, 1 e 0. Na boa, confia em mim! Sugiro que essas peças não voltem para o seu guarda-roupa ou no mínimo você reflita se há necessidade de mantê-las em seu acervo, se a resposta for não, faça sua doação ou encaminhe para a reciclagem.

Tem algo importante que você deve observar nesta tarefa que é aquela pecinha ou outra que precisa de um ajuste, separa e leva o quanto antes para sua costureira.

Os benefícios que se tem após realizar esta tarefa são muitos, a começar por manter apenas o que se usa, aquelas peças que você deu notas 7, 6, 5 e 4, foram tocadas por você e de certa forma teve uma conexão, elas foram lembradas e tem grandes chances de serem usadas mais vezes também – sem contar a organização que é tão importante a gente manter. Sabe por quê? Porque dizem que um guarda-roupa abarrotado e desorganizado, reflete uma mente abarrotada e igualmente desorganizada, mas isso é assunto para outro programa.

Hoje fico por aqui!

Fique com deus e até breve!