Lâmpadas incandescentes não podem mais ser vendidas (Foto: Diuvlgação)

Lâmpadas incandescentes não podem mais ser vendidas (Foto: Divulgação)

Entra em vigor nesta quarta-feira (01) a proibição da venda de lâmpadas incandescentes de 60 watts. O Brasil já havia deixado de produzir e vender os produtos em 61 e 100 W em 2014. A determinação faz parte do Plano Nacional de Eficiência Energética que visa reduzir consumo de energia em 10% até 2030. O proprietário de uma empresa do ramo, Alexandre Merenda, citou as diferenças entre as lâmpadas que não serão mais comercializadas e as que são vendidas atualmente no mercado. Confira no áudio abaixo: