Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

Na madrugada da última sexta-feira (22), o parto de uma jovem de 26 anos foi feito dentro da própria casa. Segundo a família, a mulher foi liberada pela maternidade após sentir dores horas antes do nascimento da criança.

Como o socorro não chegou a tempo na residência, o bebê nasceu durante a madrugada no quarto onde a mãe, Renata Cristina da Silva dorme. A família pediu a ajuda de uma vizinha, que auxiliou a jovem durante o trabalho de parto.

O Hospital e Maternidade Santa Isabel divulgou uma nota oficial sobre o caso:

“O Hospital e Maternidade Santa Isabel – HMSI informa que todos os protocolos de atenção à saúde foram observados no atendimento prestado à gestante Renata, que deu à luz em Jaboticabal, em sua residência na madrugada de 22 de maio.

No dia 21 de maio, como parte da rotina do Programa Boas-Vindas, a gestante visitou o Hospital e Maternidade Santa Isabel, e passou por exame denominado cardiotocografia e ultrassonografia.

No mesmo dia, a gestante voltou ao Hospital Hospital às 16h26 minutos para apresentar ao médico obstetra da equipe da Maternidade o laudo da ultrassonografia realizada no período da manhã. A  ultrassonografia atestou a evolução satisfatória da gestação e os sinais vitais do bebê. O exame realizado por obstetra revelou que ainda não era momento do parto.

Às 21 horas, a gestante retornou ao Hospital, pela primeira vez apresentando dores. A gestante foi novamente examinada pelo médico que atestou a sua condição de saúde e recebeu orientação de voltar para sua casa e marcar o intervalo entre as contrações antes de retornar ao Hospital. A equipe do HMSI permaneceu à disposição para receber a paciente a qualquer momento.

Exatamente às 4h17 minutos, a mãe e o bebê deram entrada na UPA e então foram encaminhados ao Hospital e Maternidade  Santa Isabel, para a realização dos exames de rotina que atestaram excelentes condições de saúde de ambos.

O Hospital e Maternidade Santa Isabel realizou a condução adequada no atendimento à paciente e reitera o seu compromisso com a assistência de qualidade à comunidade de Jaboticabal”.

De acordo com a maternidade e último contato feito com a família, a mãe e o bebê passam bem.