Número de devedores aumentou mesmo após campanha realizada no município (Foto: Divulgação)

Número de devedores aumentou mesmo após campanha realizada no município (Foto: Divulgação)

Mesmo após a campanha lançada pelo Procon de Jaboticabal, junto ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) de Jaboticabal, que visa limpar o nome dos devedores do município e oferecer palestras de como lidar com a inadimplência, além demostrar que muitos jaboticabalenses não param de se endividar.

Os números do Serviço Central de Proteção ao Crédito da cidade mostra que, só no mês de maio, foram mais de 900 novos nomes incluídos como devedores, ficando com um saldo, para os cinco primeiros meses do ano, de mais 4.300 nomes negativados. Comparando com o ano anterior no mesmo período, houve aumento de 13,5% na inclusão de nomes nos cadastros de devedores no município. Se a estimativa de aumento se confirmar, Jaboticabal pode ultrapassar ainda neste ano a casa dos mais 12 mil nomes negativados.

Se for considerado o número de residências da cidade, segundo dados fornecidos pela Prefeitura, a cada duas casas há um devedor, número recorde para Jabotcabal.

Segundo o diretor do SCPC do município, Rodrigo Manolo, “a crise é geral, todo o país enfrenta uma recessão e Jaboticabal não está isolada”. Entretanto, estes números assustam, mas poderiam ser ainda piores sem a campanha para quitação destes débitos – chegam a aproximadamente R$ 6 milhões. Se a dívida fosse rateada entre a população, cada munícipe estaria devendo cerca de R$ 81 ao comércio da cidade.