Download

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL APLICADA À AUTOIMAGEM

Olá, tudo bem?

Você deve estar ouvindo falar muito sobre INTELIGÊNCIA EMOCIONAL, pois bem se não ouviu ou não sabe muito bem o que é eu vou te contar!

Inteligência emocional é um conceito em Psicologia que descreve a capacidade de reconhecer e avaliar os seus próprios sentimentos e os dos outros também, assim como a capacidade de lidar com esses sentimentos. Essa é a explicação que está disponível pra gente em vários sites de busca e foi um tema muito maravilhoso, discutido em um Congresso que participei dias atrás.

Resolvi trazer esse tema pra você, pois percebo que quando a gente aprende a lidar com os sentimentos que surgem a partir de alguma dificuldade com nossa APARÊNCIA, muita coisa pode mudar e a gente se aproximar cada vez mais da prática da autoaceitação e do olhar sem censura para nós mesmos.

Claro que, pra isso tudo você precisa de treino, de persistência, não é de uma hora pra outra que a gente passa a ser inteligente emocionalmente, dá trabalho, mas é super alcançável.

Vou dar um exemplo que, pode até servir de pílula motivacional pra você.

Quem aí já passou por alguma experiência que o fez se olhar no espelho e colocar pra fora um sentimento de hostilidade consigo mesmo ou tristeza, frustração ou desespero?

Talvez você se lembre de alguma situação que o fez sentir-se assim e até hoje transborda esse mesmo sentimento ruim ao trazer isso pra consciência.

Eu Renata, já passei por momentos assim, onde a tristeza vinha como um sentimento de resultado a partir de uma discussão e a raiva se manifestava por quem havia provocado aquela tristeza em mim. Fui emocionalmente inteligente? Não, mas não pelo fato de me permitir sentir, pois todo sentimento, mesmo que ruim, pode sim, causar mudanças positivas em nós. E aí é que tá! Quando a gente olha para esses sentimentos ruins com compaixão e compreende as causas que levaram a sentir e os motivos que teve, quem os provocou, temos uma grande chance de nos movimentarmos para algo muito maior e superar as expectativas que você e o outro tinham a seu respeito.

Ficou um pouco confuso pra você? Mas ó é bem simples …veja bem, ninguém tem o direito de sair dizendo palavras destrutivas pra você, mas escolher fazer isso ou não, não é uma decisão sua – se chegar até você, ofensas relacionadas ao seu corpo, suas roupas, escolhas, estilo, jeitinho de usar seus cabelos…compreenda que os sentimentos aflorados nesses momentos, além de naturais, diante de tal situação, serão necessários para sua evolução, compreensão sobre si mesmo e sobre o que lhe representa – movimentando o ato de autoavaliação e possíveis mudanças.

Ou seja, deixar fluir a sua inteligência emocional pode transformar totalmente a maneira como você se vê e a partir disso, gerar resultados incríveis em sua vida!

Fique com Deus e até breve!