O vereador petista João Roberto é o presidente da CEI da UPA (Foto: Divulgação/Câmara Municipal)

O vereador petista João Roberto é o presidente da CEI da UPA (Foto: Divulgação/Câmara Municipal)

Em maio deste ano a Câmara de Vereadores de Jaboticabal criou uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) para investigar supostas irregularidades nos atendimentos a pacientes na UPA (Unidade de Pronto Atendimento). A CEI é formada pelos vereadores João Roberto (PT) – como presidente da comissão –, Sergio Ramos (PPS) e Carmo Jorge Reino (PV). De acordo com o petista que integra a CEI, foram notadas algumas falhas operacionais em procedimentos da UPA.

Entre os casos de reclamações dos atendimentos no local, estão incluídas as mortes de duas mulheres que teriam sido atendidas por mais de uma vez na unidade em um intervalo de poucos dias. Durante a investigação, a CEI já encaminhou ofícios requerendo informações ao Poder Público Municipal, a UPA e ao Hospital Santa Isabel.

Na última terça-feira (23), a secretária de Saúde do município, Renata Assirati, e a diretora administrativa da Unidade de Pronto Atendimento, Priscila Mangerona, foram interrogadas pelos parlamentares. No dia seguinte às oitivas, houve uma reunião da CEI. O presidente da comissão, João Roberto, fez um balanço à reportagem do Jornal 101 sobre as investigações desta semana em relação a UPA. Confira o áudio abaixo com todos os detalhes: