Algo que parecia longe das cidades menores como Jaboticabal agora é realidade e assusta parte de população.  Assaltos e roubos vêm causando receio e mudam o dia a dia das pessoas no município. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, entre janeiro e junho de 2015 foram registrados no município 148 roubos. No mesmo período do ano passado foram registrados 82 – um aumento de mais de 80%.

Apesar de não serem a forma mais prejudicial de violência, os assaltos e roubos afetam diretamente os jaboticabalenses e contribuem para o clima de insegurança. Histórias de assaltos se repetem com personagens e ambientes nem sempre diferentes. Se o episódio não é pessoal, é com alguém próximo.

O dano material pode não se comparar com a perda de uma vida, mas a incidência e o medo de que a violência se torne mais grave assustam e alimentam o clima de insegurança.

Roubos e assaltos

Roubo é modalidade de crime que assusta mais por haver a existência de grave violência ou ameaça. Já os furtos – que são ações desprovidas de violência – diminuíram. Nos primeiros seis meses deste ano foram 474, e em comparação com o ano passado – com 618 ocorrências – houve uma queda de 23%.

Números não oficiais dão conta que cerca da metade das ocorrências de roubos e furtos não são registradas.

(Foto: Ilustrativa/divulgação)

(Foto: Ilustrativa/divulgação)