(Foto: Ilustração/Divulgação)

(Foto: Ilustração/Divulgação)

Em junho de 2013 foi aprovada uma lei que criou a obrigatoriedade da instalação de câmeras de monitoramento eletrônico nas áreas internas e externas das agências bancárias, casas lotéricas e correspondentes bancários em funcionamento no município de Jaboticabal. Entretanto, dois anos após sua criação, ela ainda está sendo desrespeitada.

A lei prevê multa diária de 200 Unidades Fiscais do Estado de São Paulo, o que atualmente equivale a cerca de 4.300 reais e até a suspensão do Alvará de Funcionamento.

A chefe de gabinete da Secretaria de Planejamento Herla Vilhena de Moraes explicou ao Jornal 101 sobre responsabilidade da fiscalização e motivo por não estar acontecendo desde o início.

Ouça a reportagem: