Comunicado sobre o 13º salário

Desde o início da atual gestão, a Reitoria vem detalhando à comunidade universitária, de forma transparente, as tratativas que vêm sendo realizadas junto ao Governo Estadual na busca de solução para o deficit orçamentário e financeiro herdado, de cerca de R$ 200 milhões, uma vez que é muito difícil reequilibrar as contas apenas com cortes de despesas de tal magnitude.

Na mais recente reunião do Conselho Universitário, realizada em 13 de dezembro de 2018, fora cogitada a convocação de reunião extraordinária do colegiado em janeiro, caso não houvesse liberação de crédito suplementar extra-limite solicitado pela Unesp, para pagamento do 13º salário de 2018 aos servidores autárquicos.

Como o crédito não foi liberado, a Reitoria irá convocar para 22 de janeiro uma reunião extraordinária do Conselho Universitário, com o propósito de revisar o orçamento de 2019, discutindo a melhor forma de realizar o pagamento com responsabilidade, sem comprometer o funcionamento da Unesp no segundo semestre.

Em paralelo, foi protocolado hoje um ofício ao recém-empossado governador do Estado de São Paulo, Excelentíssimo Senhor João Dória, relatando o desequilíbrio em que a Universidade se encontra e solicitando uma audiência para detalhar o assunto, preferencialmente antes da reunião extraordinária do Conselho Universitário.

Esse ofício foi acompanhado de um relato abrangendo o histórico e as três principais razões que fizeram com que a Unesp percebesse os impactos dessa crise com maior gravidade que a USP e a Unicamp. São elas: 1. Expansão acentuada e sem o devido planejamento, atendendo majoritariamente aos interesses políticos do executivo e do legislativo; 2. Inclusão de egressos do ensino médio público e, portanto, com maior vulnerabilidade socioeconômica, o que resultou em aumento significativo dos custos com a permanência estudantil e 3. Crescimento da folha dos inativos e de sua insuficiência financeira, ocasionada pelo descompasso entre contribuições e benefícios previdenciários.

Esta gestão seguirá com o firme propósito de assegurar a sustentabilidade da Unesp para que este quadro crítico não volte a se repetir no futuro.

Atenciosamente,

Gabinete do Reitor